top of page

AMOSTRA GRÁTIS 
"COMO SER A PESSOA MAIS CHEIA DO ESPÍRITO SANTO DA SUA IGREJA?"

Livro
Woman at Work_edited_edited_edited.jpg

Desfrute gratuitamente do primeiro capítulo e sinta-se incentivado a explorar todo o conteúdo poderoso que este livro oferece.

Capítulo 1

A Renúncia

Toda renúncia sabiamente decidida, no fim das contas representa um ganho enriquecedor.

 

– Reinaldo Ribeiro

 

        Não importa quão longa seja nossa caminhada com Deus; nossa natureza carnal continua sendo um desafio constante. Por mais que aspiremos, nunca seremos tão imaculados quanto Jesus. É por isso que a Bíblia nos exorta a sacrificar diariamente as concupiscências da carne, como indicado em (Gálatas 5:17):

         “Porque a carne cobiça contra o Espírito, e o Espírito contra a carne; e estes se opõem um ao outro, para não fazerdes o que quereis.”

         O primeiro e fundamental princípio para os cristãos serem plenos do Espírito Santo de Deus é a renúncia. É um chamado para morrermos para nós mesmos, para nossos desejos egoístas. É neste ato de entrega que o Espírito Santo começa a florescer em nós, dando vida ao que é espiritual.

         O apóstolo Paulo, um gigante na fé, conquistou a vitória sobre a carne através dessa renúncia, sendo cheio do Espírito Santo. Ele proclama em (Gálatas 5:18, 24-25):

         “Mas, se sois guiados pelo Espírito, não estais debaixo da lei (...) os que são de Cristo Jesus crucificaram a carne, com as suas paixões e seus desejos. Se vivemos pelo Espírito, andemos também pelo Espírito.”

         Já identificou a área em que você mais tropeça no pecado? O apóstolo Paulo nos aconselha, revelando em (Tiago 1:14,15):

         “Cada um, porém, é tentado pela sua própria cobiça, sendo por esta arrastado e seduzido. Então a cobiça, tendo engravidado, dá à luz o pecado; e o pecado, após ter-se consumado, gera a morte.”

         Todos enfrentamos lutas em nossas vidas, áreas onde caímos em pecado. Algumas práticas, como o consumo de álcool, jogos, mentiras ou roubo, são mais facilmente modificadas após a conversão a Cristo. No entanto, se aspiramos a ser a pessoa mais repleta do Espírito Santo em nossa igreja, devemos ir além.

         Afaste-se de entretenimentos questionáveis, como filmes, novelas, séries e maratonas em aplicativos, assim como jogos em dispositivos móveis e computadores. Questione-se: isso edifica espiritualmente? Contribui para seu crescimento espiritual, ou é apenas mais um alimento para a carne?

         É comum entre os cristãos lutar contra vícios como pornografia, masturbação e relações sexuais casuais. Se verdadeiramente deseja ser pleno do Espírito Santo, afaste-se imediatamente dessas práticas. Movimentos como o NoFap têm ganhado popularidade, promovendo não apenas benefícios espirituais, mas também melhorias físicas e mentais notáveis ao longo dos dias de prática.

         Cada pecado, toda aquela conduta que você sabe que desagrada a Deus, deve ser renunciada diariamente. Muitas vezes, ouvimos pessoas dizerem: "Ah, eu pecava todos os dias, fiquei vinte dias sem cair, e de repente voltei a cair, perdi toda minha unção." Essa mentalidade é equivocada. Antes, você caía diariamente na mesma armadilha; agora, após vinte dias, talvez você resista, e com esforço, em breve serão trinta dias, sessenta dias, até que perceba que venceu aquela área de sua vida.

         No entanto, é fundamental manter a humildade e pedir perdão a Deus toda vez que tropeçar, mesmo que, inicialmente, ainda haja quedas diárias. Deus entende que todos nós somos pecadores, e Ele não se preocupa tanto com o pecado em si, pois este já foi redimido por Jesus na cruz. No entanto, Ele valoriza profundamente o seu esforço para resistir ao pecado, e adivinhe? Esse esforço traz unção à sua vida. Nessa jornada rumo a se tornar a pessoa mais repleta do Espírito Santo de Deus, isso é de suma importância.

         Em minha trajetória cristã, vivi um período sombrio, solitário e vazio, afastado de Deus. Cheguei até mesmo a flertar com o ateísmo. Durante esse afastamento, passei dois anos imerso em festas, bebidas, e drogas, tudo na tentativa de preencher um vazio avassalador dentro de mim. Perdi o senso do certo e errado, entregando-me a uma vida sem regras.

         Foi somente em um episódio assustador, permitido por Deus, envolvendo o mundo espiritual e a presença de demônios, que fui profundamente impactado. Talvez, um dia, eu compartilhe essas experiências em outro livro. Resumidamente, Jesus permitiu que eu saísse ileso de tudo que vi e vivi, orientando-me de volta aos Seus caminhos.

         Na fase inicial do meu retorno à igreja, eu ainda lutava para me desvincular completamente de algumas práticas pecaminosas do mundo.

         Havia uma época em que eu encontrava alegria no tumulto das multidões, participando de festas, raves e imerso na vibração pulsante da música eletrônica. Não era tanto pela energia diabólica que permeava esses lugares, mas pela sensação de pertencer, de me conectar com pessoas, de envolver-me em conversas efervescentes. Cumprimentar um aqui, outro ali, as amizades, as interações, e os pecados que, por vezes, se escondiam por trás delas.

         Em um dia de luta interior, resistindo à tentação de voltar a esses ambientes, acabei levando uma amiga à faculdade. Em frente à instituição, jovens se aglomeravam, criando uma atmosfera que, naquela época, eu ansiava muito vivenciar. No entanto, ao deixá-la, algo me fez parar o carro. Antes de sair, ergui uma prece silenciosa a Deus: "Senhor, não desejo retornar a esses lugares, sei que lá sucumbirei ao pecado, cairei novamente. Mas não quero ficar sozinho, e minha igreja carece de jovens." Continuei suplicando: "Pai, ajuda-me com isso." E parti.

         No dia seguinte, embarquei para uma conferência em outra cidade. Durante um culto à tarde, um apelo foi feito para oração, e me surpreendi com a quantidade de jovens que se dirigiram ao altar. Na fila, meu diálogo com Deus continuava. Meu coração ardia, meu corpo tremia; a presença do Espírito Santo era palpável.

         Um homem, profundamente conectado ao Espírito Santo, veio até mim, abraçou-me e disse: "Filho meu, ontem, enquanto estava dentro daquele carro, você disse que não queria ficar sozinho, não é?" As lágrimas inundaram meus olhos. Uma visão extraordinária se desdobrou diante de mim: cercado por pessoas que bebiam e fumavam, uma estrada estreita se estendia à minha frente. A mão de um Ser vestido de branco se estendeu e segurou a minha, guiando-me pela estrada. Enquanto eu escutava a profecia daquele homem de Deus: "Você nunca estará sozinho, pois sempre estarei contigo."

         Foi uma experiência impactante, uma revelação que transformou minha vida. Depois disso, lidar com esses desejos tornou-se mais fácil. Não há dúvida de que o Ser em minha visão era Jesus, utilizando um profeta para falar diretamente a mim. A presença que senti era tão grandiosa, tão sublime, que, naquele momento, éramos apenas Ele e eu; e, no entanto, ELE era tudo que eu precisava, preenchendo cada vazio, todo o meu ser. Foi algo sobrenatural.

         Embora não tenha sido minha primeira experiência desse tipo com Deus, de visões e palavras proféticas, certamente, entre tantas, essa foi uma das mais marcantes. Pode ter certeza: tudo o que você renunciar hoje por Ele não será em vão. Ele te preencherá abundantemente com Seu poder e unção.

 

 

Capítulo 2

A Oração

A Oração é o suor da alma.

 

– Martinho Lutero

 

O Rei Salomão, com sua sabedoria inigualável, nos alertou sobre a resposta divina às orações daqueles que optam por ignorar os conselhos do Altíssimo. Quem desdenha a riqueza de sua sabedoria não deve se surpreender com as consequências.

         "Então vocês me chamaram, mas não responderei; procuraram por mim, mas não me acharão. Visto que desprezam o conhecimento e recusaram o temor do Senhor, não quiseram aceitar o meu conselho e fizeram pouco caso da minha advertência, comerão do fruto da sua própria conduta e se fartarão de suas próprias maquinações." (Provérbios 1:28-31).

         Se anseia que suas orações ecoem no céu, é imperativo que dedique seu coração e seus ouvidos à voz do Senhor. E como ouvir essa voz?

Continue a explorar as maravilhas deste livro extraordinário! Garanta já a sua cópia em PDF ou formato físico. Não perca tempo, mergulhe nessa experiência única agora!

bottom of page